Milhões de famílias ao redor do país possuem 1 filho ou mais, mas querem trazer para o lar um animal de estimação, e surge a dúvida: é possível ter pet em casa tendo filhos?

E a resposta é sim. No entanto, para que ele se adapte às crianças e vice-versa, é preciso seguir algumas dicas e tomar cuidados para que não aconteça acidentes e qualquer outro imprevisto.

Pensando nisso, o post de hoje é sobre conciliar pets e crianças com harmonia e saúde. Confira!

Como ter um pet em casa tendo filhos?

Antes de entrar no assunto sobre adicionar um pet na casa tendo filhos, primeiro é necessário analisar se você está preparado para ter um cachorro.

Além da responsabilidade com suas crianças, o novo integrante da família precisará de atenção, cuidados, higiene, vacinação, consultas ao veterinário etc.

Inclusive, é essencial avaliar se o animal terá espaço e se a família terá tempo para levá-lo a passear, brincar, dentre outros.

Depois dessas questões resolvidas, é fundamental levar em consideração que os cães possuem personalidade e gostos. 

Por isso, fazer com que eles se integrem com todos os integrantes da família é tão importante para que todos vivam em harmonia. Entenda como fazer isso.

Evite que seu cachorro associe seus filhos a coisas ruins

Quando o pet chegar em casa, não faça com que ele clame por atenção, principalmente quando estiver com seus filhos por perto, pois ele poderá sentir ciúmes.

Para que o cachorro não se sinta preterido ou tenha uma visão negativa dos seus filhos, faça com que eles integrem o mesmo ambiente e ganhem atenção de forma saudável, alternadamente.

Outro detalhe: se, por exemplo, o pet não tiver permissão de adentrar o quarto das crianças, não seja rude ao educá-lo, para que ele não associe as crianças a coisas ruins.

Ensine o seu pet a brincar com seu filho

Existe melhor forma de integrar o novo membro à família se não for com brincadeiras? Aproveite o tempo livre e crie brincadeiras para que seus filhos possam interagir com o cão.

Brinquedos como bolinhas, frisbees, cordas e bichinhos de morder especiais para cães podem ser adicionados na brincadeira, fazendo com que todos se divirtam.

Dessa forma, além de gastar energia e tirar o tédio, ele irá se sentir seguro e integrado. 

Mantenha a saúde do cachorro em dia

Manter o pet com as vacinas em dia, vermifugado e com a saúde em bom estado é essencial tanto para o bem-estar dele como dos integrantes da casa.

Além disso, com todos esses cuidados com a saúde do seu amigão, você poderá ficar mais tranquilo em relação ao contato dele com seus filhos.

Inclua o cachorro na rotina de seus filhos

Quando for levar os filhos na escola, buscar algum passeio, colocá-los para comer e brincar, garanta que o cachorro esteja por perto, para que ele se sinta parte da vida dos seus pequenos.

Com isso, ele não se sentirá um intruso e as chances dele rejeitar sua família serão minúsculas. Por isso, faça com que o cão se sinta próximo sempre.

Aproveite e coloque essas dicas em prática para ter pets em casa tendo filhos. Você perceberá a diferença. E por falar em dicas, que tal continuar navegando em nosso blog para ter acesso a assuntos diferentes?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redes Sociais

Parceiros

Logo Blog da Sulamita

Sou Sulamita Pinheiro Machado Cogan, advogada por formação. Todavia, por gostar de alguns assuntos como moda, beleza, música, pets, etiqueta e turismo no Brasil, resolvi escrever um blog para trazer aos usuários na internet conteúdos importantes sobre cuidados e os produtos utilizados com os pets.


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/femininas/www/wp-includes/functions.php on line 4348

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/femininas/www/wp-includes/functions.php on line 4348

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/femininas/www/wp-content/plugins/really-simple-ssl/class-mixed-content-fixer.php on line 110