imagem

Quantas vezes na vida, você discutiu com alguém que tinha uma ou mais opiniões diferentes das suas?

Eu já discuti com inúmeras pessoas, por inúmeros motivos, mas eu tive o senso de parar para repensar minhas ações.

Possuo um hábito ruim de pensar pouco antes de falar muito, e isso acaba prejudicando em maioria das vezes. O momento em que você discorda de alguém, é um desses que devem ser bem pensados antes de alguma reação.

Se você têm um ponto de vista a respeito de algo na vida, não quer dizer que o mundo deve pensar da mesma forma que você.

Já parou para notar o quanto nos irritamos quando alguém diz: “Ah, seu vestido não ficou legal!”; “Seu namorado é muito feio para você!”; ou qualquer outra situação que envolva algo que você adora? Logo temos na ponta da língua uma resposta: “Gosto não se discute”.

E por quantas e quantas vezes nós questionamos o gosto alheio? Você se lembra de quantas foram elas? Porque eu já me esqueci de tantas que foram essas.

Quando algo nos incomoda ou afeta, logo buscamos armas de defesa, sem saber, ou até mesmo sabendo, mas sem observar, o quanto prejudicamos nossa vida em sociedade por uma simples questão de opinião.

É esse o mundo que clamou pela democracia e pela liberdade de expressão? São essas as pessoas que são tolerantes e igualitárias? Essa é uma sociedade? Desculpe-me, mas sabemos que não.

 Até mesmo eu, que vos falo através desse texto, sou uma aprendiz, venho aprendendo a cada dia mais a ser tolerante, e nesse caminho, já me dei conta de que nunca seremos iguais, nunca teremos a mesma perspectiva, a mesma meta, o mesmo valor, pois nós vivemos em um território miscigenado, onde há vários credos, várias etnias. E pedir que todos pensem da mesma forma, é pedir demais! E exigir que sejamos iguais, é algo em vão!

E se um dia nós fizermos valer o título de sociedade, não será pelo fato de nos considerarmos iguais, mas sim, por nós amarmos mesmo pensando de formas diferentes.

foto

Post feito pela querida Dreice Santos do Blog Ármario Chinês

Gostaram? Vale a reflexão!  💡

😉