Ter uma boa alimentação é um dos fatores mais importantes durante a gestação. Desde o 7º até o 10º dia após a fecundação, o bebê já se alimenta por meio do sangue da mãe. Nessa fase é importante que a gestante tenha uma nutrição alimentar equilibrada e que seu ganho de peso seja controlado, de acordo com seu biotipo e as suas necessidades individuais estabelecidas pelo ginecologista responsável, bem como nutricionista.

Entretanto, em consequencia dos enjoos que surgem nos primeiros meses da gestação, manter uma alimentação adequada se torna uma tarefa difícil. Porém é necessário que a gestante entenda a importância dos alimentos ingeridos e que sua alimentação deve ser no mínimo a cada três horas.
Outro fator cometido pelas mulheres neste período é acreditar que uma dieta prescrita por um médico ginecologista obstetra dada para uma gestante, pode ser útil para ela também, no entanto, cada gestante tem um organismo e cuidados específicos para a sua gestação.

Pregnant woman in bed eating salad

Alimentos e bebidas que devem ser evitados

Segundo os especialistas, as refeições devem ser bem coloridas, variadas entre fibras, cereais e proteínas. Contudo, nem todos os alimentos são recomendados nesse tempo. Veja a seguir cinco alimentos que devem ser evitados durante a gravidez:

Frios – não é recomendado este tipo de alimento para as mulheres grávidas. Carnes cruas como o salame, chouriço e peixes defumados, contém bactérias nocivas como a Listeria o que implica na digestão.

Ovos crus – evite alimentos que contenham ovos crus, até mesmo mousses, tiramisu e maionese caseira. Para comê-los certifique-se de que os ovos estão bem cozidos, observando se às claras e as gemas estão sólidas.

Fígado – evite fígados ou produtos derivados, como patê de fígado ou salsicha de fígado, pois eles podem conter uma grande quantidade de vitamina A e o excesso dessa vitamina é prejudicial ao bebê.

Café – Deve haver um limite de consumo de cafeína, no máximo quatro xícaras pequenas. O excesso está associado ao nascimento de bebês com baixo peso bem como aos abortos espontâneos.

Frutos do mar – evite peixes e frutos do mar crus, especialmente ostras e amêijoas, visto que podem estar contaminados por vírus e bactérias nocivas que causam intoxicação alimentar.

Lembre-se: a saúde do seu filho está ligada diretamente a você! Alimente-se por você e, principalmente por ele e aproveite essa fase linda com os devidos cuidados.  😉