Oi, meninas! Como estão? Esse post é sobre uma resenha de filme e uma observação que tive: a participação de um personagem que é detetive particular

Ingrid Guimarães (Malu), Tatá Werneck (Maria), Suzana Pires (Lúcia) e Márcio Garcia (Samuel). Só pelo elenco de “Loucas para Casar” já dá para esperar um filme no mínimo divertido, não é? Pois é, realmente a comédia romântica possui diversas cenas engraçadas e outras um tanto quanto reflexivas e pensativas em relação à vida conjugal.

A história gira em torno de três mulheres que encontraram o homem ideal para se casar, porém elas descobrem que o amor de suas vidas é o mesmo: Samuel, um empresário. Malu descobre do envolvimento do namorado com a amante, através de um detetive ao seguir os conselhos da sua melhor amiga que já havia contratado o serviço da agência de detetive.

Assim que a Malu descobre sobre as amantes, elas decidem se encontrar para decidir se vão se vingar do amado ou então tentar conquistá-lo de vez para ele escolher apenas uma para se casar. E aí? Quem será que ganhou o coração do Samuel?

Para ficar por dentro, confira o trailer

Como a agência de detetive trabalha?

shutterstock_109130930

O que chamou atenção foi que o personagem interpretado por Charles Paraventi realmente mostrou o dia a dia dos detetives particulares modernos. Ou seja, acompanhamento dos passos do investigado, provas e relatório final com fotos e demais informações que foram obtidas ao longo de todo processo.

Isso comprova que a profissão de detetive tem sido mais divulgada na mídia e está mais reconhecida hoje em dia. Lembrando que na vida real, os clientes encontram outros tipos de serviços que vão além da investigação conjugal, como é o caso do acompanhamento de adolescentes, localização de pessoas desaparecidas e investigação de funcionários ou problemas de uma empresa.

Portanto, o detetive trabalha de modo sério e com total comprometimento.