O câncer de pele é um tumor que acontece quando as células que formam a pele apresentam um crescimento muito descontrolado e fora do normal. Dependendo da célula acometida, o câncer cutâneo pode ser dividido em:

  • Não-melanoma (tipo mais comum e menos agressivo);
  • Melanoma (forma mais agressiva que pode, inclusive, desenvolver metástase e atingir outros órgãos).
Médico utiliza uma lupa para avaliar pele de paciente
Imagem: Shutterstock

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA) são registrados aproximadamente 180 mil casos novos de câncer de pele a cada ano. Para não fazer parte dessa estatística, as pessoas devem se atentar aos fatores de risco e tomar as medidas necessárias para evitar a condição. Saiba mais sobre o assunto neste artigo!

Quais são os fatores de risco do câncer de pele?

A pele é o maior órgão do corpo humano e sofre influências tanto internas quanto externas. Ou seja: existem diversos fatores presentes no organismo e fora dele que impactam na sua saúde e que podem, eventualmente, levar ao desenvolvimento do câncer cutâneo. Confira abaixo quais são os principais fatores de risco do câncer de pele:

Histórico genético

A herança genética vai muito além dos aspectos físicos e psicológicos. Em muitos casos, uma pessoa pode ter uma predisposição maior para um tipo de doença devido ao histórico genético. E este é o caso do câncer cutâneo.

Neste caso, quanto maior for a proximidade com esse parente com histórico de câncer na pele, maior será a possibilidade de a pessoa ter a mesma condição. Por exemplo: filhos de pessoas que já tiveram um câncer melanoma têm mais chances de desenvolver o tumor do que um sobrinho ou primo de segundo grau.

Pessoas de pele ou olhos claros

A melanina, responsável por definir a tonalidade da pele, também exerce outro papel importante: é ela quem protege a pele da ação de agentes externos como a radiação solar, por exemplo. Por conta disso, as pessoas com pele e olhos claros têm uma probabilidade maior de desenvolver o câncer de pele.

Neste caso, vale a pena fazer dois parênteses. O primeiro é sobre as pessoas negras: apesar de o câncer cutâneo ser mais raro nessa parcela da população, é importante ressaltar que o risco de ser acometido pela condição existe, sendo restringido às regiões mais claras do corpo (planta dos pés e palma das mãos).

A segunda observação diz respeito às pessoas albinas, cujo organismo não sintetiza a melanina apropriadamente, e aos indivíduos com vitiligo, doença caracterizada pela despigmentação da pele. Em ambos os casos, os cuidados para evitar o câncer na pele devem ser redobrados.

Exposição solar exagerada

Este fator de risco vale para todas as pessoas, independentemente de herança genética ou tonalidade da pele. A exposição ao sol de forma contínua e sem a devida proteção pode levar ao câncer na pele em pessoas de qualquer idade, sendo mais comum em pessoas acima dos 40 anos e menos frequente em crianças.

Isso acontece porque a radiação ultravioleta possui um efeito cumulativo, permanecendo na pele e danificando o DNA das células que compõem a pele.

A melhor maneira de reduzir os efeitos desses fatores é prevenir o câncer de pele. Para isso, a pessoa deve aplicar protetor solar sempre que se expor ao sol e utilizar outros recursos que diminuem o impacto solar na pele, como é o caso de chapéus e óculos escuros. Caso perceba algum nódulo, ferida ou manchas em excesso na pele é recomendável procurar um cirurgião plástico de confiança para receber um tratamento eficaz e de qualidade.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Redes Sociais

Parceiros

Logo Blog da Sulamita

Sou Sulamita Pinheiro Machado Cogan, advogada por formação. Todavia, por gostar de alguns assuntos como moda, beleza, música, pets, etiqueta e turismo no Brasil, resolvi escrever um blog para trazer aos usuários na internet conteúdos importantes sobre cuidados e os produtos utilizados com os pets.


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/femininas/www/wp-includes/functions.php on line 4344

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/femininas/www/wp-includes/functions.php on line 4344