Espinhas nas costas… Ninguém merece né?

Esse problema pode atingir pessoas de todas as idades, tanto homens como mulheres, e as causas são variadas, o que dificulta ainda mais a identificar a origem do problema e ter condições de resolvê-lo.

Segundo profissionais da área, as espinhas nas costas são motivadas pela oleosidade maior da pele, principalmente nesta região onde há uma maior concentração de glândulas sebáceas. Entre os fatores que influenciam o aparecimento de acnes estão:

  • Alterações hormonais
  • Uso prolongado de alguns medicamentos
  • Ingestão de suplementos nutricionais
  • Ganho de massa muscular
  • Resíduos de produtos capilares, como shampoos e condicionadores

Prevenção

Mesmo com tantas causas, a acne nas costas ainda pode ser evitada com alguns cuidados frequentes. O ideal é que você encontre formas de não incentivar a ação das glândulas sebáceas, que podem obstruir os poros e intensificar a inflamação.

  • Tomar banho com água morna é fundamental, pois temperaturas altas ajudam a aumentar a produção de óleo pela pele.
  • Passar sabonete nas costas após lavar os cabelos para garantir a eliminação total do shampoo e do condicionador.
  • Durante o banho, reserve três dias da semana para esfoliar as costas, o que vai ajudar a retirar impurezas da região. Faça este procedimento com as mãos, pois o uso de esponjas pode agravar a situação.
  • Use uma toalha sobre os ombros toda vez que for aplicar um produto capilar.

Mesmo a roupa que você veste influencia o aparecimento de espinhas nas costas, caso esteja com muitas, opte por roupas mais soltas e com tecido mais leve, deixar a região abafada pode prejudicar a inflamação.

shutterstock_86343928

O cuidado com a beleza e saúde também vão influenciar diretamente este tipo de problema, escolhendo os produtos certos para a pele. Por exemplo, tome sol diariamente nas costas por um curto período de tempo. Ao usar o protetor solar prefira as opções em gel, que possuem um efeito matte e diminuem a oleosidade da pele.

A próxima dica vale para todas as espinhas: não cutuque ou esprema a espinha. Este é um péssimo hábito e muitas vezes temos que nos segurar para evitar, no entanto, ele é muito prejudicial e pode piorar a inflamação e transformar a acne em uma lesão maior.

shutterstock_192462698