Hey mulheres lindas…. ou seriam comuns??

Calma, meus amores! É que o assunto de hoje é sobre a ação que a Dove fez, vocês viram?? (adoro essas ações).

A Dove fez uma ação mundial testando a autopercepção das mulheres. O objetivo da ação é detectar se elas se consideram “bonitas” ou “comuns”. Para isso, a dove criou na frente das lojas e outros estabelecimentos, uma entrada com duas portas. Uma com a placa “bonita” e a outra com a placa “comum”, fazendo com que a pessoa tivesse que escolher uma das duas para entrar no local.

bonita

A campanha se estendeu por várias cidades, como Londres, São Paulo, São Francisco, Delhi e Xangai. A reação da “mulherada” foi curiosa e surpreendente.

A ação faz parte da campanha “Choose Beautiful” da marca, que visa espantar estereótipos e preconceitos sobre padrões estéticos e estabelecer novos valores sobre a “beleza de cada um”.
As mulheres que passavam no local, obviamente, foram pegas desprevenidas, fazendo com que ficassem em dúvida por um longo tempo sobre qual porta escolher. A maioria acabou optando pela entrada “comum”, revelando muito sobre a questão da beleza para a sociedade atual, propósito esse da campanha.

Depois de filmarem as reações, a Dove foi entrevistar as meninas e debater sobre as experiências e escolhas. Uma dizia: “Eu nem hesitei em passar pela porta comum”. Já outra falou: “Beleza para mim está muito além do que posso conquistar”.

Em São Paulo uma mulher desistiu de entrar na loja que gostaria após ver os dizeres. Outro depoimento de uma brasileira conta que ela passava todos os dias pela porta “comum”, até finalmente passar pela porta “bonita”.

Não sei se já viram outras campanhas, mas a Dove vive fazendo e investindo em ações de beleza feminina, como a #OneBeautifulThought, Retrato da Real Beleza, Adesivo da Beleza entre outras. Suas ações mostram como a baixa autoestima afeta a vida das mulheres. E isso é tão comum que a gente nem percebe, não é mesmo??! Vamos nos valorizar, meninas!!

Mas e vocês, qual porta escolheriam??!         

Vejam o vídeo: