Oi, meninas! Tudo bem?

Hoje vamos conversar um pouco sobre planejamento financeiro pessoal. Fiquem tranquilas pois as 5 dicas que separei para vocês são fáceis de entender e de aplicar. Ah, Lavínia, mas por quê você vai falar sobre um assunto tão “chato” aqui no blog? Simples! Quem nunca se atrapalhou com a fatura do cartão de crédito? Quem nunca parcelou um monte de compras sem avaliar o que já estava na fatura e quando foi ver não tinha dinheiro para pagar tudo ou acabou tendo que abrir mão de uma puta viagem por não ter se planejado direito?

dicas

 

Eu já passei por isso várias vezes até o momento em que decidi que não era isso que eu queria para minha vida. Quero, sim, ter crédito e poder comprar coisas mais caras, mas também quero ter a certeza que poderei pagar tudo na data certa e a consciência tranquila de quem não tem dividas.

Para isso, mudei meus hábitos e  quero dividir algumas das coisas que eu aprendi com vocês. Espero que gostem e testem <3

  1. Anote tudo!

Comprou uma bolsa? Anote! Almoçou? Anote! Comprou uma bala? ANOTE!

Eu sei que pode parecer chato no começo, mas é essencial você saber quanto gasta por dia para se planejar.

Dica: Centralize essas informações em único lugar para você não se perder. Pode ser um caderno (pequeno para que caiba em qualquer bolsa) ou no celular. Quando chegar em casa passe tudo para uma planilha de controle de gastos (já existem várias planilhas e softwares de controle financeiro na internê prontos para serem usados), pois além de ficar mais organizado, te ajudará a refletir sobre os seus gastos diários e a enxergar a onde você está gastando.

  1. Acompanhe suas despesas

Não adianta nada criar uma planilha de gastos se você não parar para olhá-la e refletir sobre as coisas que está comprando.  Atualize a planilha diariamente, faça o controle mensal e, principalmente, reflita! Só assim você irá mudar suas atitudes 😉

3. Pesquise preços

Eu sei, nem sempre queremos uma coisa qualquer, que possa ser comparada com outra. Mas na maioria das compras do dia-a-dia podemos e devemos pesquisar preços para economizar. Gastar menos com algo significa que você conseguirá poupar mais dinheiro para realizar AQUELE sonho.

4. Eu quero ou eu preciso?

Essa é a pergunta que nunca pode faltar na hora do consumo. É ela que nos norteia e nos ajuda a manter os gastos controlados porque, afinal, de que serve ter a bolsa da moda no guarda-roupas e ela não combinar com o seu estilo? Pare, pense, reflita! Não adianta ter um mundo de peças e não ter dinheiro para sair e mostrá-las por aí.

5. Crédito ou débito?

débito

Quem nunca se deparou com essa questão? As duas alternativas são interessantes e os pontos no cartão sempre parecem atraentes, mas será que vale a pena? Se for uma compra pequena,  não é melhor já garantir o pagamento do que colocar mais um numerozinho na fatura do cartão? Além disso, alguns lugares oferecem desconto para pagamento à vista. Verifique antes!

No começo pode parecer complicado fazer toda essa contabilidade e planejamento, mas juro para vocês que não é J Além do mais, é muito bom estar com as contas em dia, conseguir guardar dinheiro e ainda comprar nossas coisinhas porque, né, não somos de ferro 😉

Testem e depois me contem se deu certo, ok?

Beijos!